segunda-feira, 13 de abril de 2009

I love you Sugar Kane ou Marc Jacobs e o grunge

Sempre gostei de moda (venho de uma família de modistas) e, desde que ganhei dos meus pais o Please Please me dos Beatles (com aproximadamente cinco anos) em fita k7, gosto de rock'n'roll.

O grunge surgiu na minha vida em 1993, quando com uma de minhas irmãs (Aline, com quem também aprendi a gostar da deusa-diva-absoluta Madonna) assisti à apresentação do Nirvana no Hollywood Rock na televisão (creio que na Globo...bons tempos, não?).

Apenas alguns anos depois (tanto Kurt quanto Aline já haviam ido embora e, curiosamente, de maneira parecida) passei a entender a importância daquela banda, em 1997, com o advento da MTV na minha vida. Comprei, então, Nevermind; a paixão foi instantânea.

Do Sonic Youth comecei a gostar pouco mais de dez anos após a aquisição do Nevermind, quando também teve início uma certa nostalgia dos anos 1990, o que parece natural, já que estamos no final da primeira década do século XXI.

Tudo isso foi só para dizer o quanto fiquei emocionada ao perceber que nele aparecem o Marc Jacobs e a coleção grunge que, em 1992, ele fez para a Perry Ellis. Também Chloe Sevigny (incrível, lembrou-me Jean Seaberg) nele está. Não é lindo?

Sugar Kane sempre foi meu clip favorito do Sonic Youth, mas apenas hoje descobri o quão icônico ele é. Para vê-lo, clique aqui.

A foto é de uma Harper's Bazaar de 1992 (encontrei-a no The Fashion Spot). Marc-grunge.

6 comentários:

Thiago Barros disse...

lindo post Theodora....
tudo isso é da época em que eu usava all star e camisa xadrez.

¬¬

Theodora disse...

Será que virá a época em que vc usará xadrez e coturno?

Lily disse...

É o mark nessa foto?!

Theodora disse...

Lily, é o Marc sim! Neste post aqui dá pra ver as diversas fases dele: http://www.cavalera.com.br/blog/?p=390
Inacreditável, não?
Obrigada pela visita!

BAR DO BARDO disse...

Cara, acho que o Nirvana é (com sua legião revolucionária) imbatível.

Felicidades.

Paradis disse...

Uau, Marc tinha cabelão!